O planeta adoece e a humanidade é acometida por uma pandemia que obriga todos a repensarem sua própria existência e a encontrar novos significados para verdades até ontem tidas como certas, imutáveis. Neste momento, o que todos ansiamos é acordar amanhã e escutar as palavras mágicas: “alguém encontrou a cura”.

Mas o que exatamente precisamos curar? Para além do coronavírus, precisamos de cura para a falta de tempo com qualidade, para as emoções não manifestadas, para a falta de empatia e solidariedade, para a reconexão com a natureza.

Enquanto os cientistas (abençoada ciência!) fazem a sua parte com pesquisas e testes, nós podemos fazer a nossa e começar a nossa cura nos pequenos detalhes da vida. Nosso querido parceiro Julio Ganiko nos ensina que os ambientes também precisam de cura e que arrumar uma gaveta, por exemplo, pode ser muito mais significativo e poderoso do que simplesmente colocar as coisas no lugar certo.

Assista abaixo essa mensagem especial de cura ambiental: Feng Shui.