Ter boa comunicação, ser agradável e respeitoso é regra fundamental em qualquer tipo de relações humanas. Porém, em áreas como condomínios, o bom convívio pode ser desafiador. Principalmente nas relações hierárquicas, onde há condôminos e funcionários.

É preciso entender que um condomínio é uma grande organização social, exigindo que regras sejam estabelecidas e partilhadas por um determinado número de pessoas. E para que haja um bom relacionamento no condomínio, seja entre os próprios condôminos, bem como condôminos e funcionários, é preciso que cada um tenha muito claro qual o seu papel, bem como suas atribuições, direitos e deveres.

sigadm-folha-web

Papel do síndico

Nesse relacionamento, o papel do síndico é extremamente importante, pois é ele quem dita as regras. O síndico deve prestar atenção para que as regras sejam cumpridas, tanto por funcionários quanto moradores.

Para facilitar esse relacionamento dentro dos condomínios, separamos algumas dicas:

  • É importante que os moradores saibam o que cada funcionário faz. O que evita que alguém peça ao responsável pela manutenção algum serviço de faxina, por exemplo.
  • Reforce a ideia de que os colaboradores são do condomínio, e não das unidades.
  • Nas normas do condomínio deve estar bem explicado como deve ser uma convivência cordial com os funcionários e nas assembleias isso deve ser reforçado.
  • É importante informar aos condôminos que, se caso os funcionários forem de uma empresa terceirizada, as queixas e reclamações devem ser enviadas ao responsável pela equipe do condomínio.

Por fim, o síndico, dentro de suas atribuições deverá reforçar o papel e a importância dos funcionários na excelência do condomínio, bem como o respeito que deve haver em relação a moradores e colaboradores.

Gostou do post? Acesse nosso blog.